Notas Finais: CSKA Sófia 0x1 FC Porto



E lá continuamos nós com a senda de vitórias de vento em popa, (a 11ª consecutiva nesta época), com mais uma vitória na 2ª jornada da fase de grupos da Liga Europa.

A jogar fora, no estádio Vasil Levski em Sófia, contra o CSKA, o FC Porto demonstrou, mais uma vez, o excelente momento que atravessa, dando um passo de gigante no sentido de ultrapassar esta fase de grupos e passar à fase seguinte da competição.

Jogo relativamente controlado, do princípio ao fim, mas que merecia mais golos por parte do FC Porto, não fosse a excelente exibição do guarda-redes contrário e alguns lances perdulários dos nossos avançados.

Mas vamos ás notas:

Notas Colectivas

- Começámos bem, desde cedo a assumir as rédeas do jogo, coisa sempre importante, dado que, com o fluir do jogo o FC Porto foi consolidando a sua táctica, as suas movimentações, e a sua forma de estar em campo.
- Apesar de se notar sempre que o CSKA é nitidamente "de outro campeonato", era sempre um jogo de cautelas, a ter de ser ponderado e pensado adequadamente, de modo à equipa garantir o essencial, os preciosos 3 pontos.

- Em relação à primeira parte, de registar um domínio total da nossa equipa, com várias opurtunidades de golo e lances de bom entendimento entre os jogadores no geral, que teve o seu momento alto no único golo da partida, de Falcao, estavam decorridos 16min de jogo. O CSKA por seu lado, revelou-se neste primeiro tempo sempre incapaz de travar o domínio do FC Porto em todos os sectores, estando o sector ofensivo dos dragões em permanente carga sobre a baliza adversária.


- Na segunda parte viu-se um ligeiro melhoramento, por parte do CSKA, criando estes mais oportunidades de golo e, aqui ou ali, momentos de relativa aflição para a baliza de Helton. Mesmo assim, notou-se sempre um controlo evidente dos jogadores portistas em relação ao jogo, criando até mais umas quantas oportunidades para fazer o 0-2, falhando somente na altura da concretização ou esbarrando na excelente exibição do guarda-redes M´Bolhi.

- A nível colectivo de destacar ainda o bom entendimento no meio-campo, pautando e serenando o jogo quando necessário, criando espaços, e demonstrando uma excelente dinâmica de jogo, acabando por ter sido este, na minha óptica, o sector fulcral para o bom o resultado final que a equipa alcançou.

Notas individuais

- Souza: destaco-o em primeiro porque foi de facto o melhor elemento da equipa portista, grande exibição, encheu o meio-campo, transições bem feitas, muitas recuperações de bola, e factor chave no excelente desempenho deste sector como acima mencionei. Ficou provado que temos uma boa alternativa ao Fernando, denotando já um bom entrosamento no esquema da equipa.

- Otamendi: deu seguimento ás boas indicações deixadas no jogo contra a Olhanense, lutador, interventivo, e cada vez mais a justificar o porquê do investimento feito nele. Vai provocar claramente uma luta acérrima por um lugar no centro da defesa portista, competindo directamente com Rolando e Maicon nesse capítulo.

- Hulk: sempre Hulk, mais uma vez Hulk, novamente o catalisador ofensivo da equipa, assistiu Falcao para o único golo da partida e teve ele próprio uma ou outra ocasião para facturar. A assistir, a desmarcar, a rematar e a desequilibrar, continua a ser a grande figura deste início de época portista.

- Falcao: sempre excelente nas movimentações e desmarcações, como habitual, foi igual a si próprio, criando oportunidades para marcar, dando constante trabalho à defesa contrária com a sua dinâmica, assinou o único golo da partida, numa excelente concretização a passe de Hulk.


video

Resumindo, mais uma exibição consistente e convincente, importante, que nos dá a liderança do grupo L da Liga Europa, juntamente com o Besiktas, com 6 pontos em 2 jogos, o que nos permite vislumbrar com confiança a passagem à próxima fase desta competição, indo o FC Porto disputar o próximo jogo do grupo ao terreno deste mesmo Besiktas, na Turquia. 

E agora, que venha o Guimarães.

 photo anuncio.jpg

 photo anuncio.jpg

4 comentários

  1. Amigo Portista, realmente acho que valeu o resultado sem dúvida uma vitória é sempre de louvar mal era. Mas a exibição poderia ser muito melhor, aliás esta temporada, já o praticamos o que aconteceu, desaprendemos? Ou está tudo bem assim?

    Cumprimentos,
    ultrasfcportomatosinhos

    ResponderExcluir
  2. Acho que marcámos o golo e depois os jogadores acabaram por colocar a cabeça em Guimarães..

    Geralmente, quando isto acontece, acaba mal, mas hoje felizmente acabou bem. A verdade é que os Búlgaros não têm nadinha...

    ResponderExcluir
  3. Concordo com o ultra,já jogámos melhor e podemos jogar melhor,e tb concordo com o André,secalhar a partir de certa altura ficou tudo com a cabeça em guimaraes..mas o que é facto é que, sem deslumbrar, fizémos e o essencial e tb é verdade que para estes bulgaros bastou..proporcionámos minutos a jogadores que ainda n tinham jogado muito e consolidámos esquemas e motivação para o futuro,porque tal como disse o villas-boas,é um processo gradual e a perfeição n existe,mas nota-se trabalho e consolidação eu axo.

    cumprimentos.

    ResponderExcluir
  4. Para mim foi o jogo menos conseguido até ao momento, e na 2ª parte a coisa poderia mesmo ter corrido mal.

    Fiquei com ideia que é o Maicon que falha em todos os lances de perigo do CSKA.

    Fica a vitória, que sabe sempre bem.

    p.s. o Hulk precisa de se acalmar.

    ResponderExcluir