Fechar o ano invicto


Esta noite, além dos 36 jogos sem perder, a vitória significa outra coisa, significa que atingimos um objectivo que Villas Boas tanto queria, que era chegar ao final de 2010 invicto!

Tradicionalmente os jogos em Paços de Ferreira são sempre complicados, no entanto, a primeira parte do Porto foi boa, e talvez até tivéssemos justificado chegar ao intervalo com uma vantagem superior, valeu o golo de Otamendi numa bela desmarcação e cabeçada. A segunda parte foi muito diferente, o Paços reagiu e bem, partiu em busca do empate e por 4(!) vezes poderia ter conseguido, felizmente Helton estava atento e evitou males maiores.

Esta época ainda não se tinha visto uma exibição tão tremida do Porto, mas acaba por ser bom que isto aconteça, para a próxima não se dá aso a tantos facilitismos.

Em relação ao penalty, é um lance de difícil análise, mas reconheço que possa não ser porque as imagens não esclarecem totalmente. Convém não esquecer que, minutos antes, tinha mesmo existido uma grande penalidade de Filipe Anunciação sobre Hulk, que ficou por marcar, talvez pelo 'Incrível' não ter caído..

Ainda assim, Hulk aproveitou o penalty que foi assinalado e colocou um ponto final na discussão. Ainda teve tempo para pouco depois assistir Walter, para o terceiro.



NOTAS INDIVIDUAIS:

Otamendi: Voltou a marcar e continuou a mostrar-se seguro na defesa. Penso que já agarrou a titularidade ao lado de Rolando apesar de na segunda parte ter algumas falhas em alguns lances que levaram o perigo à baliza.

Moutinho: Para mim o melhor em campo. A equipa desceu muito o rendimento mas a "maçã" não. Manteve-se regular durante toda a partida com a sua já conhecida influência no meio-campo.

Hulk: Não foi o melhor que já vimos do "Incrível", mas, mesmo assim , continua a ser uma referência no ataque e esta noite não foi diferente, tendo sido sempre uma seta apontada à baliza de Cássio.

Guarín e Sapunaru: Lembram-se da última época ? Estes dois jogadores eram dados como "mortos", transferíveis, dispensáveis, tudo e mais alguma coisa. E hoje? Pois bem, muito se deve ao trabalho do "mister" Villas Boas que está a saber retirar todo o potencial de ambos. Hoje estiveram seguros e Guarín foi, para muitos, o melhor em campo. Tem que se lhe diga...

Chega assim ao fim os jogos do ano de 2010. O objectivo inicial foi cumprido, somos campeões de inverno, mas ainda falta muito jogo e só em Maio é que conta realmente.

Aproveito também para desejar a todos os leitores do blog "Mística do Dragão" um santo e feliz Natal e um Próspero 2011, com muitas vitórias e conquistas, tanto pessoais como clubísticas!

 photo anuncio.jpg

 photo anuncio.jpg

2 comentários

  1. Muito Obrigado!
    igualmente

    saudações PENTAcampeãs!

    Tomo I

    ResponderExcluir
  2. este é o guarin que nós conheciamos do fm...eheheheh

    ResponderExcluir